Aprimorar o conhecimento sobre o intestino e a obesidade, evidenciando seu aspecto complexo e multifatorial, além de desenvolver habilidades no manejo do intestino e da obesidade através da prescrição nutracêutica. Serão abordados os fatores homeostáticos envolvidos e a capacidade dos nutracêuticos em otimizar reações bioquímicas, reverter resistências, e proporcionar benefícios capazes de reduzir as comorbidades associadas à doença.

Serão abordados aspectos relevantes do intestino e obesidade, fisiopatologia , processos metabólicos envolvidos e os principais fatores relacionados: intestinais, adipocitários, inflamatórios, endócrinos, neurais, fatores relacionados ao estresse e ao ambiente.

Manejo nutracêutico para o tratamento do intestino e da obesidade: mecanismo de ação, evidências científicas, benefícios adicionais, sugestão de fórmulas e desenvolvimento de protocolo de prescrição nutracêutica.

  • Fisiopatologia da obesidade:
  • Fatores ligados à obesidade: neuroendócrinos, adipocitários,  intestinais,  inflamatórios e oxidativos,  fatores ligados aos estresse e ao ambiente:
  • Principais alvos para a modulação nutracêutica na obesidade;
  • Sugestões de fórmulas, desenvolvimento de protocolo de prescrição nutracêutica na obesidade.
  • Perfil das espécies que compõem a microbiota intestinal: influência na saúde e alterações pós cirurgias bariátricas;
  • Inter-relação do consumo alimentar com a microbiota humana: efeitos e benefícios;
  • Disbiose: causas, impactos à manutenção da saúde, possíveis efeitos de nanopartículas e outras estratégias para o manejo nutricional;
  • Influência da dieta sobre a saúde intestinal nos quadros de obesidade, diabetes, resistência à insulina e outras doenças;
  • Alimentos nutracêuticos: atualidades sobre os benefícios de sua ingestão regular à saúde intestinal com base em pesquisas de alto impacto científico.